A manutenção preventiva é realizada para diminuir a chance de falhas e evitar problemas ou quebras, além de melhorar a performance e vida útil da frota. 

Notícias

A manutenção preventiva da frota aumenta a vida útil dos caminhões e melhora o negócio

Fazer a manutenção preventiva dos caminhões significa menos dor de cabeça para o gestor de frotas e mais economia para a empresa. Caminhões desregulados, com peças gastas, fluidos velhos e pneus em estado duvidoso impactam diretamente a produtividade e o lucro do negócio.

A atenção aos detalhes afeta não só os resultados da companhia, mas também evita que seja preciso lidar com gastos desnecessários como multas e consertos após acidentes.
O bom funcionamento de todos os veículos garante qualidade e agilidade do serviço e clientes mais satisfeitos.

E para que os gestores tenham mais tempo em focar no core business, a Autotrac desenvolveu a melhor ferramenta de controle e manutenção da frota. Com a Telemetria, é possível saber a distância percorrida e o curso de cada caminhão, monitorar a condução de cada motorista, fazer alertas de manutenção programada e mais uma série de benefícios. Clique aqui para saber mais.

Você quer uma ajuda para saber no que ficar de olho no dia a dia e garantir a qualidade e a manutenção dos caminhões? Veja as dicas da Autotrac:

Pneus, suspensão e freios

Os pneus devem rodar sempre com a calibragem recomendada pelo fabricante. Se estiverem mais cheios ou mais vazios que o indicado, o desgaste será mais rápido. Ou seja, o custo da troca de pneus também será mais frequente. Além disso, desregulados, eles consomem mais combustível.

Quer acompanhar em tempo real o desgaste dos pneus da sua frota? A Autotrac tem uma solução tecnológica para isso.

O sistema de suspensão deve ser verificado anualmente, incluindo amortecedores, molas, bandejas, braços danificados, pivôs, buchas, barra estabilizadora e bieletas que estejam gastos ou com folga. Essa manutenção periódica é de extrema importância, principalmente por conta das condições das estradas brasileiras.

Fechando o conjunto: atenção ao sistema de frenagem em três pequenos passos. Fazer a drenagem da água acumulada nos balões de ar, verificar o estado das lonas ou das pastilhas e conferir o estado dos tambores ou discos e da sapata dos freios.

Filtros e fluidos

O filtro de combustível deve ser trocado a cada dez ou quize mil quilômetros, pois a bomba de detritos e o sistema de injeção podem ficar danificados. Pode ocorrer ainda o entupimento dos bicos ejetores.
A troca do filtro de ar é variável, o ideal é que ele seja verificado a cada viagem. Isso é importante, pois quando mais sujo, mais força o propulsor terá que fazer para puxar o ar, o que consome mais combustível.

Veja uma empresa que conseguiu reduzir 15% do consumo de combustível com a tecnologia Autotrac.

Já o filtro de óleo, deve ser renovado a cada troca. Se isso não ocorrer periodicamente, partículas entrarão no motor danificando cilindros, pistões, anéis e válvulas. E o pior,: pode acabar fundindo o motor.

Os lubrificantes devem estar novos e nos níveis recomendados pelo fabricante. São eles que farão todo o sistema funcionar corretamente. Conferir o óleo do motor, a água do sistema de arrefecimento e os fluidos dos freios deve ser rotina.

Luzes e sistema elétrico

A troca de lâmpadas deve ser feita em pares, para que não haja diferenças na iluminação dos lados direito e esquerdo. A dificuldade na visibilidade do motorista pode causar acidentes que poderiam ser evitados com esta simples ação.

No entanto, mesmo que luzes queimadas sejam algo que ocorre de tempos em tempos, é preciso verificar todo o sistema elétrico para descobrir se a causa está ali, e não apenas no desgaste natural da peça.

Baterias e cabos devem ser checados para saber se estão limpos, bem fixados e se não há nenhum tipo de corrosão. É essencial colocar na lista de verificações a situação da água da bateria.

Monitore a frota

Muito mais importante que a manutenção preventiva, é a chamada manutenção preditiva. Com ela, o gestor é capaz de antecipar, por meio da tecnologia, problemas nos veículos antes mesmo que tomem proporções maiores. E o maior parceiro das empresas é a Autotrac, que tem os instrumentos mais modernos do mercado.

Com o software de telemetria é possível acompanhar tudo constantemente: quilometragem rodada, freadas ou acelerações bruscas, velocidades alcançadas, entre outros indicadores vão ajudar a esclarecer a necessidade de manutenção dos caminhões.

Conheça o que há de mais moderno em tecnologia de rastreamento e monitoramento de caminhões e acompanhe os indicadores de performance da sua frota para aumentar a vida útil dos veículos.

Se interessou por nossos produtos? Saiba mais sobre esses grandes aliados do seu negócio: