Durante o dia a dia nas estradas, os motoristas podem acabar cometendo infrações, o que pode gerar dúvidas. Muitas empresas trabalham com frotas próprias, e quando o condutor é multado, não se sabe quem deve pagar a fatura. Essa situação acaba dando um nó na cabeça de muitos gestores por eles não saberem o que […]

Notícias

O caminhão da empresa foi multado. E agora, o que fazer?

Durante o dia a dia nas estradas, os motoristas podem acabar cometendo infrações, o que pode gerar dúvidas. Muitas empresas trabalham com frotas próprias, e quando o condutor é multado, não se sabe quem deve pagar a fatura. Essa situação acaba dando um nó na cabeça de muitos gestores por eles não saberem o que fazer nem quem deve arcar com o prejuízo.

O normal no caso de infração é que seja cobrada uma multa e que o caminhoneiro receba pontos na carteira de motorista (CNH). Contudo, se o caminhão estiver registrado no nome da empresa, não é feita pontuação na CNH. Esse é mais um motivo que causa confusão na hora de saber quem vai pagar.

Cada caso é um caso e precisa ser analisado individualmente. Às vezes quem deve pagar a penalidade são as empresas, mas existem vezes que o empregado fica com a multa.

Para você saber diferenciar cada caso, a Autotrac preparou um infográfico que pode ajudar os gestores a saber quem é responsável pela multa e quem vai arcar com o valor das infrações.

infografico-multas-autotrac

Mas a melhor forma nesses casos é evitar receber multa. A Autotrac pode ajudar você nesse trabalho de prevenção. Com os rastreadores da empresa líder em monitoramento e rastreamento do Brasil, você consegue controlar a velocidade do motorista durante as viagens.

Não perca tempo, adquira logo o seu!

Leia mais:

Proteja-se de imprevistos com os rastreadores Autotrac

Multas: saiba quais foram as maiores causas em 2016

Por que é importante fazer uma boa distribuição das cargas no caminhão?