A insegurança é um sentimento constante na rotina de muitos caminhoneiros que trafegam pelas estradas brasileiras. Segundo levantamentos realizados pela Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística (NTC&Logística), o número de ocorrências de roubos de cargas no Brasil está aumentando cada vez mais. Em 2014 foram 17.500 ocorrências, contra 19.250 em 2015. E em […]

Notícias

Proteja-se de imprevistos com os rastreadores Autotrac.

A insegurança é um sentimento constante na rotina de muitos caminhoneiros que trafegam pelas estradas brasileiras. Segundo levantamentos realizados pela Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística (NTC&Logística), o número de ocorrências de roubos de cargas no Brasil está aumentando cada vez mais. Em 2014 foram 17.500 ocorrências, contra 19.250 em 2015. E em 2016 houve um crescimento estimado de 10% dos casos em relação a 2015. Confira o relatório completo aqui.

Nas estradas, os relatos mostram que é comum que os caminhoneiros encontrem assaltantes cada vez mais audaciosos, por isso as empresas estão se vendo obrigadas a adotar medidas que reforcem a segurança das cargas e amenizem as perdas. Dentre elas, estão os sistemas de gerenciadores de risco, seguro e rastreadores cada vez mais inteligentes. A Autotrac sabe dessa necessidade do mercado, de modo que está sempre buscando novas tecnologias para oferecer mais segurança para seus clientes.

A Autotrac conta com sensores e periféricos que reforçam a segurança da carga como o sensor de desengate, de porta de cabine e de porta de baú. Em caso de violação e acionamento dos sensores, o computador pode ser configurado para informar o evento ocorrido através de notificação, bloquear o veículo e acionar sirenes e luzes de alerta. Já os periféricos de travamento possibilitam a trava de porta e o controle de desengate eletrônico, evitando que o cavalo mecânico seja desatrelado do semirreboque sem autorização.

rastreador-caminhao-roubo

Além dos auxiliares de segurança, é importante que os caminhoneiros sigam algumas dicas para evitar exposição, como:

    – Não revelar para estranhos o que está sendo transportado, nem qual rota irá percorrer. Muitos assaltantes se misturam com os caminhoneiros para conseguir mais informações sobre o trajeto.

    – Desconfiar de veículos que fiquem muito tempo rondando o veículo. Caso ocorra, avisar a central para tomar as devidas providências.

    – Não dar carona durante o trajeto de entrega de carga.

    – Abastecer em lugares conhecidos e determinar pelo gestor quando está traçando a rota.

    – Nunca estacionar em locais isolados e desertos e evitar parar no acostamento durante a viagem.

    – Sempre que sentir algo anormal durante a entrega, entrar em contato com o gestor para informar o ocorrido.

Com o auxílio da tecnologia e o treinamento adequado para os seus caminhoneiros é possível minimizar os riscos de assaltos nas estradas. Por isso, entre em contato agora mesmo com um dos nossos consultores e veja como a Autotrac pode ajudar na segurança da sua carga.

Leia mais:

Cinco características fundamentais para um gestor de frotas

Investir em tecnologia é garantir produtividade, segurança e econo
mia

Telemetria é a grande aliada das transportadoras na redução de custos