Existe uma fórmula, que muitos gestores poderiam chamar até de mágica, que ajuda a analisar qual é a velocidade ideal para que os caminhões da sua frota operem com o melhor custo/benefício de combustível. Os estudos na área apontam que essa velocidade, tida como ideal, são os 80km/h. Ela marca o ponto mais baixo da […]

Inteligência Gerando Resultados

Qual é a velocidade ideal para o tráfego dos caminhões?

Existe uma fórmula, que muitos gestores poderiam chamar até de mágica, que ajuda a analisar qual é a velocidade ideal para que os caminhões da sua frota operem com o melhor custo/benefício de combustível.

Os estudos na área apontam que essa velocidade, tida como ideal, são os 80km/h. Ela marca o ponto mais baixo da curva de custos, isto é, representa o menor valor de custo total, apresentando o ponto de cruzamento entre as curvas do custo do acidente, do custo operacional do veículo e do custo do tempo gasto no trabalho. Essa velocidade, tradicionalmente aplicada às estradas brasileiras, implica menos acidentes e menor consumo de combustível.

A velocidade de ideal para veículos pesados fica entre 80 km/h e 88 km/h. Caso o caminhão trafegue com uma velocidade maior, o veículo necessita de mais potência de motor. Por exemplo, andando a 96 km/h, o veículo exige 73% a mais de potência do motor. Quando a velocidade chega a 112km/h, essa relação sobe para 159%.

rastreador-velocidade-caminhao

Mas não é só na potência do veículo que existem alterações. Os pneus, o combustível e a manutenção também sofrem com o aumento da velocidade. Andando a 112km/h, o desgaste do pneu é dobrado por causa da temperatura. Quando se analisa o combustível, a conta é a seguinte: será acrescido 1% de consumo para cada km/h que o veículo rodar acima de 88km/h. Em relação à manutenção, os custos aumentam em até 80% quando o caminhão trafega com uma velocidade igual a 112km/h.

Mas para que a economia de combustível e manutenção seja realmente relevante para as empresas, é preciso levar em consideração um fator que muitas vezes passa despercebido pelos gestores: a conscientização dos motoristas. São eles os maiores responsáveis por andar na velocidade ideal, evitar freadas bruscas, não cair em buracos e não usar marcha lenta, ações que fazem toda a diferença na manutenção e no consumo de gasolina de um caminhão.

Com o auxílio da Autotrac, conscientizar os seus motoristas fica muito mais fácil. Através do nosso software de telemetria você consegue identificar quem está rodando muito com o RPM lá em cima, na faixa vermelha, aumentando o consumo de combustível e desgastando as peças do veículo. E com essas informações é possível criar um modelo de competição saudável para gratificar os motoristas exemplares, assim como propor treinamentos para corrigir os motoristas que ficam nas posições mais baixas do ranking.

A Autotrac pode fazer toda a diferença no seu negócio, afinal trabalhamos sempre com inteligência que gera resultados. Entre em contato com um dos nossos consultores e leve mais dinamismo, economia e eficiência para o seu negócio.

Leia mais:

Fique de olho na manutenção dos veículos e melhore o desempenho da frota

Descubra por que as frotas leves são ideais para transportes urbanos

Investir em tecnologia é garantir produtividade, segurança e economia