Cargas perigosas podem apresentar risco para as pessoas ou segurança da população, por isso,as empresas precisam se atentar as regras de transporte.

Notícias

Transporte de produtos perigosos ganha novas regras

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) criou novas regras para as empresas se adequarem ao transporte de produtos perigosos. Essas normas estão previstas na resolução no 5.232, publicada em dezembro de 2016, com o objetivo de tornar o transporte desse tipo de mercadoria mais seguro e organizado.

Apesar de as novas instruções passarem a valer a partir da data de publicação, foi estipulado o prazo de sete meses para o atendimento aos requisitos. Ou seja, a partir do dia 16 de julho de 2017 já seria obrigatório o cumprimento das regras estabelecidas. Mas o prazo foi prorrogado, e os fabricantes, os expedidores e as transportadoras de produtos classificados como perigosos serão cobrados pela ANTT a cumprir o novo regulamento a partir de dezembro deste ano.

A mudança da regra ocorreu porque novos produtos, que não constavam na resolução antiga, foram adicionados à lista de cargas perigosas. Agora o novo texto está de acordo com as recomendações do Comitê de Peritos em Transporte de Produtos Perigosos das Nações Unidas (TDG) e com o Orange Book da Organização das Nações Unidas (ONU), com novas exigências sobre embalagens e alterações em nomenclaturas.

Atenção para não correr o risco de infringir a lei no transporte das substâncias. Quem descumprir a regra pode levar multas que variam de R$ 400 a R$ 1.000. Para deslocar esse tipo de carga, alguns cuidados específicos precisam ser tomados a fim de não causar nenhum tipo de dano. As transportadoras devem atender às exigências da ANTT para embalagens, sinalizações, operações e limites de quantidade de cada carga. Além disso, é necessário ter um treinamento específico para que o transporte dessa carga seja realizado da maneira mais segura possível.

Cuidados

Cargas perigosas são produtos que podem apresentar risco para as pessoas e o meio ambiente. Por isso é muito importante para a frota que transporta estes produtos estar sempre em dia com suas revisões e funcionando sem problemas. Para realizar o transporte desses produtos perigosos, as condições de pneus, freio e iluminação precisam estar sempre em perfeito estado.

Os rastreadores da Autotrac podem ajudar você nessa missão. Usando nosso software de telemetria, sua operação fica mais otimizada, seu gestor tem um controle bem maior da frota e de suas condições.Você ainda tem acesso a dados de consumo de combustível, nível de óleo, temperatura do motor e tempo de acionamento de embreagem, por exemplo.

Essas informações ajudam a empresa a diminuir os custos, realizar reparos nos veículos logo que necessário e ainda propor treinamentos para corrigir os motoristas que estão conduzindo o veículo de forma prejudicial às peças.Uma empresa que transporta produtos perigosos e deve manter a segurança em primeiro lugar, e a Autotrac é a escolha perfeita para cuidar dessa tarefa.
Além disso, o gestor pode controlar as entregas diretamente do celular e ficar por dentro do trajeto da frota com informações como controle de temperatura, controle de pátio e estimativa de tempo da viagem.

A Autotrac pode fazer muito pela sua empresa. Ficou interessado? Contrate o melhor produto de tecnologia de rastreamento do mercado para manter seus veículos sempre seguros.

Saiba mais:

O que fazer em caso de roubo na estrada?

Como evitar atraso nas entregas com a Autotrac

Saiba a importância de checar os pneus da frota