O modo como os motoristas da sua empresa dirigem afeta não só o caminhão, mas também o desempenho e os resultados dos negócios. Isso porque os eventuais atrasos, os estragos nos veículos, as multas ou os acidentes acabam afetando a produtividade, os lucros e, eventualmente, até a imagem da empresa. Ou seja, uma meta de […]

Notícias

A importância do treinamento para motoristas

O modo como os motoristas da sua empresa dirigem afeta não só o caminhão, mas também o desempenho e os resultados dos negócios. Isso porque os eventuais atrasos, os estragos nos veículos, as multas ou os acidentes acabam afetando a produtividade, os lucros e, eventualmente, até a imagem da empresa.

Ou seja, uma meta de redução de gastos desnecessários passa diretamente por sua equipe de motoristas, que, além de estar motivada, também precisa se reciclar constantemente. E esse papel é do gestor.

Primeiro passo: planejamento

O primeiro passo de um treinamento de qualidade é o mesmo de um planejamento estratégico de um novo produto ou serviço: conheça os problemas e as necessidades da sua empresa. No caso específico do treinamento de motoristas, o ideal é fazer um mapa em que seja possível expor os gargalos do sistema de distribuição e qual é o cenário no qual o seu negócio quer chegar.

Em seguida, faça uma pesquisa com os próprios motoristas, perguntando: quais são as maiores dificuldades, os pontos fracos e as necessidades de mudança? Junte as expectativas da empresa e de seus funcionários e execute um plano dos assuntos que serão tratados.

Se quiser saber mais sobre a conduta e o modo de dirigir de sua equipe, a Autotrac pode ajudar com a melhor tecnologia disponível no mercado. O supervisor de jornada, por exemplo, consegue emitir relatórios sobre o período de operação dos seus veículos, o tempo em que os motoristas estão em serviço e a produtividade de cada um.

Como treinar

Faça um plano com vários dias de treinamento, um para cada tema. No entanto, esses momentos devem ser curtos, objetivos, didáticos e práticos. A intenção é levar novos conhecimentos para os motoristas sem cansá-los e sem parar a sua linha de distribuição.

Alie a fala a recursos como vídeos e imagens. Deixe de lado as estatísticas e os termos muito técnicos. Fale de maneira casual e dê exemplos com histórias de vida. Esse método ajuda a fixar melhor os ensinamentos.

Usar casos reais do que está acontecendo na empresa pode ajudar. E a Autotrac pode te dar todas essas informações. Com o Sistema de Informações Gerenciais (SIG), por exemplo, é possível ter controles diários de consumo, de velocidade e de deslocamento, além dos tempos de viagem, carregamento e descarregamento.

O ideal é contratar especialistas de cada assunto para fazer os treinamentos, assim você garante uma alta qualidade no aprendizado.

Os resultados podem vir como: entregas mais rápidas, clientes mais satisfeitos, menos multas e acidentes e até redução de combustível gasto.

Tipos de treinamento

Alguns dos principais assuntos que envolvem as necessidades da empresa e da equipe podem gerar cursos como:

  • Direção defensiva.
  • Políticas de segurança.
  • Saúde e meio ambiente.
  • Gerenciamento de riscos.
  • Simulação de emergências.
  • Princípios de ética.

A Autotrac pode te auxiliar nesta missão. Além dos serviços citados acima, ela oferece tecnologia em vários outros aspectos como o Log Center e o Software de Telemetria. Mas se a ajuda que você precisa é com o treinamento diretamente, conte com o nosso Centro Virtual de Treinamento.

Entre em contato e saiba mais sobre cada um dos produtos e serviços que irão ajudar a sua produtividade.

Confira mais dicas da Autotrac para o seu negócio:

Seis dicas para reduzir custos usando rastreadores

Saiba como evitar processos trabalhistas com a ajuda da Autotrac

Telemetria: dados reais para aumentar a produtividade da sua frota